segunda-feira, 27 de abril de 2009

Chateiam-se As Comadres...

Ontem fui com o S tomar café com uns amigos. A conversa deu uma reviravolta tal, que no final já falávamos de erros passados, namoros falhados, maluqueiras de adolescentes... No meio de tanta conversa descobri que o meu 1º namorado (também só houve mais um), num jogo de Verdade ou Consequência com muito álcool à mistura (como se isto fosse desculpa), tinha andado a dar uns beijos a uma tipa que, deixem-me dizer-vos, parecia ter sido atropelada por um TGV e depois por um camião. Feia como tudo, portanto (e não, não é raiva, ela era feia mesmo!).
Mas o que está em causa foi a minha reacção. A única coisa que me ocorreu foi com aquele Monstro-Das-Bolachas?! Já passaram muitos anos e agora estou bem, mas era suposto deixar-me, não digo magoada mas, revoltada? Pela traição e pela mentira?

Para mim traição, seja só pensar noutra pessoa ou uma noite de sexo selvagem com cabedal e chicotes, é traição igual. Sempre deixei o passado no sítio dele, lá atrás.
Sei que se estamos bem, tudo é perfeito. Se estamos mal, culpamos tudo e todos e somos as pessoas mais infelizes do mundo... Nada é pior que a nossa vida!
Não interessa se me arrependi daquela relação.
A verdade é que há pessoas que nos marcam.
A verdade é que algumas não.
Ponto.

9 comentários:

P* disse...

O primeiro amor deixa sempre marcas, podemos ter outros amores até melhores e maiores mas o primeiro não se esquece =) gostei da descrição da tipa lol... e o cão a fazer-lhe xixi para cima está divinal...lol... só tu =P

bijus***

*B* disse...

Querida P*, honestamente, acho que não me insiro muito nisso.

Há marcas sim, mas não são as melhores. Mudava imensa coisa...

Beijinho*

Mna. Margarida disse...

Na parte do que consideras traição concordo a 100% contigo!... Nem mais!...

Foste mázinha a descrever a rapariga, tadinha! =P

Estás bem não estás?... Então continua! =D

Anónimo disse...

Acho, sinceramente que ficas sempre a pensar no "E SE..."! Se tivesse dado certo? Se tivessem andado mais tempo? E se a culpa da traição é minha? A marca da traição não se esquece, mesmo passado anos...quer tenhas sabido na altura ou anos depois, como foi o caso!
Queres um conselho? Esquece!

Beijos,

Pi

Hermione disse...

apesar de tudo, é quase sempre bom recordar o passado. quase.

e melhor ainda, viver um presente feliz. :D

Blog do Óbvio disse...

O passado é fundamental para nos tornar mais experientes. Ele nos estrutura para enfrentarmos o hoje e o amanhã.
Sorria e seja feliz. Isso acontece com todo mundo. Muitos nem ficam sabendo...
Bjus. Manoel Eduardo - Brasil.

*B* disse...

Beijinho a todos!*****


MMzinha, siiiiim!

*****

Pizinha, não me incomoda, na verdade... E nem me tira o sono, acho que muita gente não reagia assim e faz-me pensar que afinal aquele namoro ainda foi menos importante do que eu pensava ;)

*****

Hermione, perfeito! O agora é que importa...

*****

Blog do Óbvio, é verdade, alguns nem sabem!

Obrigada...

Lady me disse...

Concordo contigo! Tudo é traição...
Passei por algo do género, mas através da net!!! Meu deus... Por isso é que não gosto (muito) das novas tecnologias :S

*gostei da descrição da gaja :P

Beijinhos!

*B* disse...

Lady me, sério?!

Fogo...

Gostaste? Era e é mesmo feia!!!

=D

Beijinhos*