sexta-feira, 15 de maio de 2009

Odeio!

Eu sou a melhor amiga que uma pessoa pode ter. Amo os meus amigos. Cada um à sua maneira, com as suas manias e diferenças. Não sou amiga de dizer que sim, porque sim. Sou sempre sincera com os meus amigos. Sempre. Já briguei com alguns em defesa de outros. Já chorei. Já gritei. Já sofri. Amigo meu, pode ligar a chorar porque a namorada o deixou ou porque é feio e bebeu demais, às 5 horas da manhã. Sou amiga-a-tempo-inteiro. Não fico triste porque hoje não podes vir ao café ou vais estar com o namorado. Quando estão mal, preocupo-me de verdade com eles. Durmo mal se sei que alguém chegado a mim não está bem. Telefono. Envio mensagem. Apoio. Dou tudo...
Mas quando algum me magoa, juro a pés juntos que foi a última vez. Que da próxima escusa de vir que não estarei cá. Que amigo verdadeiro não magoa porque sim. Que amigo verdadeiro fere com a verdade, não esconde a mentira.
Sou impulsiva! Sou!!! Mas acima de tudo, sou amiga e odeio quando não consigo cumprir a promessa... E perdoo sempre. E gostava de ser diferente... Sofria menos...

|Imagem - Kate Beckinsale|

[Swadharma, aqui está!]

33 comentários:

disse...

Ainda ontem falava deste tema...e de como não sou nada rancorosa. Já perdooei muito, mas há algo que não perdoo nem aos amigos: traição. Se traiem uma vez a minha confiança, não permito que o voltem a fazer, por mais que me custe, por mais que doa. Não deixo de ser amiga, mas algo muda...com pena, porque sofro muito com isso.

Swadharma disse...

Assssim qquue ennntreeei ddeixxxeeii ccccairrr uum bboccaddo deee babaaa nooo teccclladooo, ficcarammm pegajjoosass aaaas tttecclass... Kate, aiiiii Kate =)

Obrigado *B*! Agora sobre o post...

Há poucos amigos assim, como tu!
E as vezes, bem que precisava de fazer esse telefonema as 5 da manhã...
Eu não sou como tu! Não consigo estar sempre lá, e nao perdoo sempre... e olha que também se sofre, acredita...
Acho que estás bem como estás!
O nosso mundo anda do avesso, mas na sua essência até é equilibradinho, e vais ver que por gritares essa amizade sincera á vida, o eco será, também ele, sincero e amigo =)

Swadharma disse...

Vim cá outra vez para voltar a clicar na foto e ver ampliadas aquelas curvas perfeitas. Aquele pézinho, aqueles gemeos, aquelas coxas e e gluteos onde parte uma curva descendente para as costas que eu gostaria de percorrer aos beijos até encontrar aquele cabelo sedoso... E os lábios? Doce veneno, olhos penetrantes...
Aiiii Kate!

*B*... vou por este post como página pré-definida do meu explorer =D

*B* disse...

Bê, algo muda irremediavelmente... Concordo... Eu posso perdoar, mas não sou mais a mesma...

*****

Swadharma, sei que se sofre assim também... Eu sei...

Quanto ao resto AGRADECIA QUE NÃO TE VIESSES BABAR PARA O MEU BLOG, OKI?!

Aaaaaaaaai!

Vá, põe lá como página pré-definida!!!

lol


BEIJINHO A AMBOS*

Anne disse...

por mais que uma pessoa perdoe a relaçao nao fica a mesma. acima de tudo exijo fidelidade. e honestidade. sem isso nada feito.

Anne disse...

mas eu tb sou dakelas que berro, esperneio e arranco cabelos, mas logo me passa e acabo por voltar ao mesmo. mas que magoa... e mt....

sakura disse...

Sempre fui uma pessoa muito fiel...
Fiel ao meu namorado, fiel aos meus amigos, mas acima de tudo sou fiel a mim própria e aos meus principios...e se há coisa que odeio são as traições, posso perdoar mas jamais consigo esquecer.
Beijinhos*

Praga disse...

Sou igualzinha... dou tudo de mim por um amigo, mas não sou capaz de passar por uma "traição" e continuar com o mesmo tipo de relação.

Acima de tudo não consigo fingir que está tudo bem... perdoo mas não esqueço e isso acaba com a amizade, por isso, corto o mal pela raiz. Sei que pode parecer frio ou uma atitude menos nobre, mas acima de tudo não consigo ser mais a mesma e por isso afasto-me.

Não dá para mudar... e fingir não é solução.

[Excelente tema! Beijinhos.]

Swadharma disse...

Suspiro...

Swadharma disse...

Desculpem estar por aqui outra vez, mas tudo é pretexto para ver a bela da minha Kate! (Que eu jamais trairei, por falar nisso)

Quanto a traições so vou aqui acrescentar:
Não concebo a ideia de traição, especialmente sexualmente falando!
"Foi impulso, foi algo de momento" soa-me a tretas!
Por exemplo, no caso do homem e reportando-me a um ou outro amigo, porque é que eles me dizem "Eu nunca dava o cú na vida", mas relativamente a uma facadinha com outra mulher dizem "Nunca se pode dizer nunca"?
Então? Tantas certezas para uma coisa e para outras?
Ou haverá já aqui uma espécie de desculpa antecipada por um comportamento que não rejeitam á partida?
Hummmmm não sou nenhum santinho, mas nesta de traição por "Momento, instinto" não me apanham!
Isto é blá blá whiskas saquetas e deita por terra todo o caracter da pessoa!
(Digo eu...)

*B* disse...

Anne, não podia ter dito melhor... Dói, eu sei! Mas esse espernear, gritar, é de mim, também! Não consigo evitar!

*****

Sakura, eu também! É claro que até podemos perdoar as pequenas coisas (que também magoam, claro!) mas tudo muda depois...

*****

Praga, muito bem! Fingir jamais! Acredito em perdoar, não acredito em ESQUECER!

*****

Swadzinho, hoje não sais do meu blog (adoro!) e andas nas nuvens!

Sabes, concordo contigo! Já tinha feito um post sobre isso. Traição é traição, ponto! E acho que quem diz isso, SIM, já sabe que tinha coragem de o fazer!


BEIJINHO GRANDE A TODOS*

Catwoman disse...

Concordo que depois já não volta a ser como dantes e é uma pena..

Beijinhos :)

Walter Fane disse...

Ora bolas... fico sempre na duvida contigo!
Logo eu que pensava que o melhor amigo do homem era o cão, vens-me tu agora dizer que... és tu!
Não tem problema... eu mando o meu cão escrever umas coisas (até acho que gostou da experiencia) e tu vens até aqui fazer companhia ;-)
Pode ser?

Bjooooooooooooos

ps- também gostei muito da Kate!

Mona Lisa disse...

Como eu te percebo..nem imaginas. Sou igualzinha!

HannaH Sophia disse...

acho que todos nos sofremos um bocadinho disso...por um lado tb é bom, para que nao sejamos pedras frias de calçada...

beijo

Lady me disse...

Pois é! Mas quando se gosta, vai-se perdoando... E concordo que por mais que se perdoe, nada é como antes da primeira falha.

Beijinho*

Sarah P disse...

É muito bonita a mensagem que passas. Se todos fossemos assim, amigos de todos e dar apoio incondicional, este era um mundo bem melhor!

bj
http://vitaminaline.blogspot.com/

Marisa disse...

Pois, como eu te compreendo....
Eu perdoo, mas não esqueço...
Tb sou do género estou para o amigo a qualquer momento, o que vale é que ah muitos amigos que também estão para mim a qualquer momento.
Tenho um defeito que agora sinto que está muito mais brando, que é o ganhar cisma.... quando ganhava cisma a alguém... ui.... agora já não...
Ainda ontem um "amigo" que tinha errado comigo ah cerca de 6 meses, "caiu em si" veio chorar no meu ombro, e eu que fiz??? Passei-lhe a mão na cabeça.... Sou incapaz de virar as costas a quem me pede ajuda. No entanto depois fiz-lhe ver que não gostei da atitude que teve e ele pediu-me desculpa e mostrou arrependimento. Apesar de tudo ter ficado bem, daqui para a frente haverá sempre ali qualquer coisinha fora do sitio....
Ups parece que me estiquei....sorry
Beijinhos

S . disse...

Perdoar, sim. Esquecer? Difícil e diria até, impossível! Mas há erros e erros... que acabam por pesar sempre mais quando amamos (refiro-me a todos os tipos de amor...).

(Concordo com a Lady Me.)

beijo, vou seguir :)

Mna. Margarida disse...

Como te percebo!

Walter Fane disse...

Já agora, se possivel, quero ver num post a Pamela Anderson no seu auge...

Pamela... Pamela... Pamela


Bjooooooooooooos

Metade da Laranja disse...

É bom ter uma amiga como tu :)
E compreendo que como dás tanto, se te magoam de algum modo, fiques muito triste, é normal...
Mas continua assim como és, não mudes porque te magoaram, mas continua a fazer bem e a sorrir àqueles que achas que merecem. Isso é que é uma vitória - continuarmos a ser nós mesmos sem nos deixarmos "manchar" pela maldade dos outros...

Grande beijinho para ti *B* :)

*B* disse...

Catwoman, sem dúvida… E perdem-se pessoas assim…

*****

Walter Fane, sim, mas o que eu queria mesmo, era ver o Gorky a escrever! Hihi

*****

Mona Lisa, sério? E sofremos com isto…

*****

HannaH Sophia, é verdade…

*****

Lady me, nunca mais é igual, eu também acho… E lamento…

*****

Sarah P, sê muito bem-vinda. Muito obrigada!
Volta mais vezes,oki?

*****

Marisa, estou mesmo a ver o filme, sou igual. E ontem aconteceu algo semelhante comigo, só que não houve pedido de desculpa. Depois conto. Não te esticaste nada! ;)

*****

S., sê muito bem-vinda. Concordo contigo… Há erros que são normais de quem é ser humano… Outros não!
Obrigada! Volta sempre!

*****

MMzinha, imagino =(

*****

Walter, ainda há fotos dela sem tanto silicone??? Prometo postar =)


BEIJINHO A TODOS*

*B* disse...

Laranjinha, obrigada pelas tuas palavras, mais uma vez...

Vou tentar NÃO mudar nunca...

=)

Beijinho***

Lady me disse...

Sim, conheço! Também adoro! Tenho todas a músicas dela :) Mas a minha preferida é a "Nha Vida" ;)

Beijinho*!

*tens muito bom gosto! :)

Luar disse...

Pois é eu também sou assim. Estou sempre lá, deixo tudo para ajudar e ouvir e muitas vezes a minha vida está num caos. Mas sou assim... dou tudo e aceito na boa as explicações quando as pessoas teem a vida delas e não estão comigo...

Mas quando me magoam só porque sim, quando nem teem uma palavra... sou incapaz de virar as costas se vierem ter comigo mas nunca mais as vejo da mesma maneira nem volto a deixar nada da minha vida para trás por elas... e deixo de procurar a pessoa.

É triste mas infelizmente já me aconteceu também e por isso hoje em dia (a vida vai-nos ensinando) tenho muito poucos mas muito bons amigo... cabem nos dedos de uma mão.

Bjos e bom fim de semana :D

*B* disse...

Lady me, tu também tens!

Beijinho*

*****

Luar, eu também me apercebi disso... Olho a minha volta e amigos, AMIGOS tenho muito poucos, mas maravilhosos... E vou estimá-los!

Obrigada!

Beijooooooo*

Swadharma disse...

E agora que o pessoal ja se dedicou ao topico de cima... eu volto aqui para matar saudades da minha Kate!
Alguém lhe diz que o amor da vida dela anda por aqui a deambular?
=D

*B* disse...

Swadharma, lol!

És tão engraçado!

Eu costumo cruzar-me com ela no shopping, e digo-lhe, boa?

=)

Swadharma disse...

Boa! Obrigado *B*, serás a madrinha de casamento!
E eu, para impressionar a Kate, atiro-lhe aquela:
"Kate, emprestas-me o telemovel para eu enviar uma SMS á minha mãe a dizer que encontrei o amor da minha vida?"

(É que a minha mae é 93, e eu sou 96... aquelas coisas dos tarifários que voces ja sabem...)

;)

*B*eijo! Boa Semana!

*B* disse...

looooool!

Duvido que resulte, mas vá! Tenta!

Boa semana*

Cat disse...

Não queiras ser diferente *B*, és linda assim! :)

*B* disse...

Cat querida... Obrigada!

Beijinho enorme*