sábado, 1 de agosto de 2009

[Im]Perfeitamente #3

Como toda a gente, adoro receber presentes. Mas também adoro dar. A sensação é quase tão boa. Mas se há coisa que estimo quando recebo algo, é quando o presente é a minha cara. É claro que todos vós já estão a pensar que claro, se é para oferecer tem de ser algo que a pessoa goste. Nem sempre é assim. Quem me conhece bem sabe perfeitamente o que me oferecer. Seja um simples livro, um CD, flores, roupa, acessórios... É preciso saber oferecer. Eu, por exemplo, não gosto que me ofereçam chocolate negro ou branco porque não aprecio. Ou brincos pequenos, gosto deles grandes e vistosos. E se há coisa que eu, irrevogavelmente, detesto que me ofereçam, são perfumes. Lá está, quem me conhece sabe que sou fiel a um. Também mudo, mas o meu é aquele. É quase como se fosse parte de mim. O perfume é uma marca da personalidade. Sei que se alguém chegado a mim sentir o seu aroma onde quer que seja, se vai lembrar de mim. Já está entranhado. É íntimo. Pessoal.
Há uns anos atrás ofereceram-me um perfume. Bem, na realidade já recebi vários, mas este... Confesso que já nem lembro o nome, sei apenas que a marca é bastante conhecida, mas só recordo por alto a embalagem. A pessoa ofereceu-mo porque ela gostava. Acho que, se realmente tentasse oferecer um perfume que tivesse a ver comigo, saberia que aquele era inadequado. Um cheiro horroroso. Só de olhar para a embalagem, ficava enjoada. Quando mo ofereceu, cheirei e agradeci. Não disse que amei. Porque não amei. A sinceridade é uma qualidade quando não acompanhada de indelicadeza. Nunca o usei. Acho que o usei uma vez como ambientador de casa de banho, para disfarçar algum pum de contentamento, como diz o Bruno Nogueira. Nem assim o suportava. Acabei por oferecê-lo à irmã de uma amiga que amava o cheiro.
Um presente, mais do que algo material, deve trazer consigo um sentimento... É preciso saber oferecer.

|Imagem - Alessandra Ambrósio|

27 comentários:

AnaM. disse...

Concordo plenamente contigo! E mesmo quando mato a cabeça a pensar num presente adoro depois olhar para a pessoa e perceber que ela gostou! Quanto a isso dos perfumes, nem tento oferecer, a não ser que, como dizes, conheça bem a pessoa [como acontece com a minha mana!]..lembro.me de me oferecerem um, que tenho até hoje, mas que nunca usei porque não o suporto..nem como ambientador de casa de banho!! :)

S* disse...

Infelizmente muita gente oferece "só porque tem de ser" e não se preocupa nem um pouco em agradar. Acho um bocado indelicado. Se é para oferecer, deve haver um esforcinho. Caso contrário, fiquem quietos e não gastem dinheiro.

Solita disse...

Concordo contigo, qd oferecemos algo temos de pensar nos gostas da pessoa e não no nosso. Eu muitas vezes nem sei o que oferecer. A minha irma por exemplo sabe sempre o que oferecer e escolhe muito bem os presentes, mas nem todos se preocupam com isso.

Jinhos

Shiine * disse...

Ah se há post com que concordo é este.. Um presente não deve ser dado por dar..! Eu dou sempre algo que sei que a pessoa precisa ou pelo menos que gosta.. ADORO receber! Claro.. * Também gosto de dar, porque sei que a pessoa fica com a mesma sensação que eu quando recebo..! Eu acho que não tenho um presente ideal, talvez casacos, ou sapatos.. * Ah, afinal tenho, são os telemóveis..! :$

Le Enfant Terrible disse...

E as dores de cabeça que dá escolher o presente ideal? Isso sim é duro!

Aninhas disse...

Concordo contigo! Costuma dizer-se que o que conta é a intenção, mas quando se oferecer algum presente, por mais símbolico que seja, temos que saber que a pessoa a quem o damos vai gostar... seja uma simples flor ou a mais cara das joias. Eu quando compro um presente fico logo em pulgas para o dar à dita pessoa, pois fico desejosa de ver a sua reacção. Tanto que nem me apetece esperar pelo dia em que o deveria dar :-p
Em relação a perfumes... raramente oferece pois os gostos variam. Só ofereço se tiver a certezinha absoluta que a pessoa vai gostar. Não gosto de ouvir dizer só "obrigado", poi fico com a sensação que falta algo... Gosto que me digam "obrigada, adorei. acertaste-me mesmo em cheio"... Fico logo feliz, pois sei que aquele momento e que aquele presente terá a minha marca, e aquele pessoas irá lembrar-se de mim sempre que olhar para ele :-p

Bjx

Princesa Borboleta disse...

Acho que me lembro desse perfume e dessa pessoa =)
eu tb sou assim minha *B*...tenho aquele perfume de eleição (que qs tenho orgasmos só de o cheirar...verifico!!)...é engraçado que já cheirei o MEU perfume noutros tipos de pele e o cheiro não é tão gostoso!! Eu sou assim...tenho este poder afrodisiaco para aquele cheiro,LoL!!

Beijinhos minha *B*

Miss Kitty disse...

E disseste tudo!!:))

BJS*

Pretty Flower disse...

É preciso conhecer as pessoas para se atrever a oferecer-lhe uma coisa pessoal...

beijoca*

Pretty Flower disse...

É preciso conhecer as pessoas para se atrever a oferecer-lhe uma coisa pessoal...

beijoca*

Patrícia* disse...

É verdade, eu adoro receber presentes, mas também é tão bom dar, ver os sorrisos de comtentamento do tipo: "era mesmo isto que eu queria!!!" é muito bom mesmo... Hum e já agora, podemos saber qual é o tal perfume de eleição da *B* ? ;) Beijinhos

Mna. Margarida disse...

Concordo contigo Querida!...

Eu só não gosto que me ofereçam flores! Não gosto de flores!... Vê-las na jarra a murchar... Não gosto!...

No resto concordo plenamente contigo!

Beijinhos querida!

Framboise disse...

Acho que nunca consegui acertar em cheio num presente. Mas eu adoro tudo o que me dão, pelo simples facto que me faz lembrar essa pessoa.
Cheguei a guardar um lenço de papel desenhado por uma amiga na mesa de cabeceira. Só porque me lembrava dela todos os dias quando o via :)

Lady me disse...

Eu também detesto que me dêem brincos pequenos... Mas normalmente os acertam no que me dão, um bom livro e uma camisola gira fazem as minhas delícias. :)

Também já me deram um perfume que eu detestei e acabei por dá-lo a uma prima que gostou daquilo. Eu quando tenho que oferecer algo ando sempre a "melgar" pra tentar descobrir algo que ela goste ou então que ela se descaia, normalmente funciona, quando não funciona ofereço um cd o camisola que faça o género dela. Só o A. é que se queixou, não gosta de postais. LOL


Beijinho *B*

Petra Pink disse...

também adoro oferecer presentinhos e receber claro.
Preocupo-me sempre em tentar escolher aquilo que a pessoa gosta porque não quero oferecer algo para ficar caido numa gaveta!
quanto aos perfumes adoro o glória é o meu perfume.
e também adoro brincos compridos como tu beijinhos

My Blueberry Nights disse...

Concordo.. A não ser que saibam o pergume que gosto também não gosto que me ofereçam perfumes.. hoje em dia já há bastantes opções para as pessoas oferecerem quando não conhecem bem o outro.. os vales.. são sempre uma boa opção

*B* disse...

Obrigada a todos pelos comentários!

Realmente, é preciso saber oferecer...

*****

Shiine *, sê muito bem-vinda ;)

*****

Patrícia*, uma dia destes revelo, prometo!



BEIJINHO PARA VÓS*

Bernardo disse...

Parabéns, exelente blog.
Espero que me visite e comenta, mas também que possamos partilhar mais post´s ( já a estou a seguir)

*B* disse...

Bernardo, sê bem-vindo!

Obrigada*

Swadharma disse...

E as famosas peúgas no Natal?
Para mim é dizerem-me que não gostam de mim! Preferia um Kinder Délice!

Mas é assim... a imaginação não é para todos.
Há 5 anos comecei a praticar Karaté! Raciocínio do pessoal: Karate - Japao - Oriente - Buda - Fontes Zen. Ou seja... tudo a oferecer fontes Zen.
Se fossem daquelas em pedra, bonitas... tudo bem, mas não. Eram daquelas feitas em PVC, com flores de plastico e com uma mangueira que deitava água que tinha que se por num recipiente.
Outro dos jardins nem água tinha. Era num material que parecia gesso, com umas pedras e na base tinha uns "pés" que lhe davam uma piada que nem vos digo nada!
Depois foram molduras com um kimono feito em feltro, peluches vestidos de karaté... enfim... só inutilidades para dizer "Eu conheço-te, gostas de Karaté"!

De maneira que este ano tenho andado a divulgar este meu gosto particular pela Kate Beckinsale porque aproxima-se Setembro e queria ver se recebia a Kate com um laço no cabelo!

*B*isou

*B* disse...

Swad, o quê?!

Então já te tinha comprado uma fontezinha em PVC e um parzinho de meias brancas com raquetes para o Natal e tu dizes isso?!

Aaaaaaaaaaaaaai!


;)

Chocolate disse...

Tens toda a razão para dar um presente tão pessoal devemos de conhecer bem a pessoa e os seus gostos.

Mas tb temos os nossos valores e devemos agradecer com delicadeza o que nos oferecem, como é óbvio há que ter consciencia que o que conta é a intenção certo?

Bjs

Swadharma disse...

Nota-se que me conheces!
A fontezinha em PVC pelo gosto oriental e as meias branquinhas pelo Michael Jackson!
Mas pronto... pode ser... uso as meias para dormir. Quanto á fonte... embrulho e ofereço a alguém =D

Eu sei... sou mau!
=P

*B*iseu

*

*B* disse...

Chocolate, sim! Isso! Daí eu ter cordialmente agradecido e não ter dito que não tinha gostado! É como digo a sinceridade é uma qualidade quando não acompanhada de indelicadeza.

Beijinho*

*****

Tu usas as meias para dormir, Swad?! NÃO SENHOR! USAS NO DIA-A-DIA!!!


;)

HannaH disse...

acho k perfume é das prendas mais dificeis de se oferecer!

Swadharma disse...

E ás vezes para dormir. Uso no dia a dia e por vezes no noite a noite! É... má circulação nos pés =P

*

*B* disse...

HannaH, concordo!

*****

Swad, vais usar e pronto! E quem manda sou eu!!!

;)