quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Sou Sortuda!

Quando o meu blog passou na rádio, uma das curiosidades que revelei sobre mim era que daqui a 5 anos me via feliz, já com um filho e no lugar do chefe. Mas esta do lugar do chefe é uma expressão que uso em jeito de piada porque, como vocês sabem, eu sou formadora e não tenho propriamente um chefe. Trabalho para uma entidade que tem obviamente um director e que tem um coordenador para cada acção ou curso promovido por essa mesma entidade. Na verdade, não respondo directamente a ninguém, mas sou orientada e tenho funções e objectivos a cumprir, sendo, inclusive, avaliada em cada acção que lecciono.Mas uma grande parte do meu trabalho é feita em casa. Preparo as aulas, oriento tudo e vou às acções. Vou com frequência à empresa para a qual presto serviços, mas não tenho um daqueles trabalhos em que estou todos os dias com as mesmas pessoas. Aliás, a grande parte dos meus colegas de trabalho só os vejo quando há reuniões na empresa. Não posso portanto afirmar se tenho ou não um bom ou mau ambiente de trabalho, pois este resume-se a trabalhar praticamente sozinha. Mas ultimamente tenho apoiado amigas que vivem momentos péssimos no local de trabalho e eu que já vivi isso, quase agradeço o trabalho que tenho.
Eu não considero que uma pessoa com mais estudos é necessariamente uma pessoa mais educada e melhor formada. Muito pelo contrário. Neste mundo-cão do trabalho há gente capaz de tudo. Escrúpulos é um conceito desconhecido por muitos. Não entendo aqueles que passam por cima dos outros para atingir os fins. Não entendo aqueles que, por liderarem outras pessoas ou estarem hierarquicamente acima dos demais, acham que podem fazer o que querem. Não entendo aqueles que, ao se sentirem ameaçados por outros, em vez de provarem que são os melhores, não, eliminam o adversário, muitas vezes recorrendo a calúnias. Não entendo aqueles que não cumprimentam a senhora da limpeza ou o porteiro porque a presunção fala mais alto. Não entendo. Nem quero entender.

|Imagem - Eva Mendes|

46 comentários:

Bernardo disse...

:D isso é bom

*B* disse...

Sem dúvida, Bernardo!

Raio-de-Luar disse...

Nem mais, B*. Concordo com tudo o que disseste, e infelizmente esse cenário está cada vez mais alargado. Há uma sede de poder, presunção, mania de superioridade que me transcende e não compreendo nem aceito.
Beijinhos

doce e bela disse...

B, pareces ser muito boa pessoa! ;) O mundo deveria estar cheio de pessoas que pensassem como tu! :)

***

Hermione disse...

sim querida *B* acho que tens muita sorte. eu tenho uma amiga que é moderadora de um desses cursos das novas oportunidades, e a colega de trabalho dela (uma outra moderadora) está sempre a tentar lixá-la so porque tem mais experiencia. em vez de a ajudar so complica, tudo porque queria ser ela a unica moderadora. porque? tal como tu, tambem nao entendo.
beijinho grd

Swadharma disse...

Eu este ano tive uma formação de Primeiros Socorros, Cuidados Básicos de Saúde e, mais frequento agora, Técnicas de Arranjo Floral. Sou curioso por natureza, por isso inscrevo-me nestas coisas.
No final dos cursos (já tirei o de Personal Trainer a pagar, e pagar bem, mas estes são daqueles novos que não se paga) quando foi para avaliar os formadores, as instalações, as matérias, etc, etc, ocorreu-me (e utilizo as tuas palavras) "...não tenho um daqueles trabalhos em que estou todos os dias com as mesmas pessoas. Aliás, a grande parte dos meus colegas de trabalho só os vejo quando há reuniões..."

É que eu saí da imobiliária (onde ganhava bem) precisamente pelo ambiente. Não tinha lógica NENHUMA eu trabalhar a recibos verdes (logo ser o meu patrão) e ter que aturar os colegas de trabalho em turnos de 4 horas NÃO REMUNERADOS.

E já na Visabeira (uma das maiores empresas do país), o ambiente da minha sala era:
"Dr S. o Swadharma chegou atrasado"
Sim, juro! TELEFONAVAM ao chefe que estava em férias para dizer que eu (que até o estava a substituir) tinha chegado atrasado!
Tinha tido uma reunião.

Eu gosto mais de trabalhar sozinho! Não lido bem com algumas coisas. Um ex-superior chamou-me incompetente, no meu segundo dia de trabalho, mesmo à frente de um cliente. Assim que o cliente saiu eu liguei o gravador do telemóvel (não fosse ele dizer ao patrão que eu tinha faltado ao respeito) e com educação fui dizer ao senhor:
"Desculpe mas não lhe admito que me chame incompetente à frente de quem quer que seja! Você não é de Viseu, eu sou! Estou aqui há 2 dias, é normal que erre, o que não é nada normal é ir na rua e as pessoas olharem para mim e associarem-me ás suas palavras. Percebe? Se tem alguma coisa a dizer, chama-me ao escritório, nunca mais à frente de um cliente, entendido? E eu estou aqui há 2 dias, quer que eu faça as coisas com a mesma fluência que o senhor, que está aqui há anos? Isso seria um péssimo reflexo da sua noção de competência"

E não vou escrever mais, lol. isto ja é mais um post que um comentário!

Mas só para dizer que... Sim. Tens sorte por teres um trabalho que te permite isso =)

*B*eijo!

Indecisa disse...

Tambem nao entendo. E tal, como tu, nao quero entender.

Já passei por situaçoes chatas, de ser a mim que me queriam "eliminar" mas felizente, cosegui dar a volta por cima. e sem calunias como do outro lado :D

bjinhooo

P.S.: Já disse que adoro este Blog? :)

Dexter disse...

Sinceramente esse era um dos meus medos antes de começar a trabalhar, pq os escritórios de advogados normalmente tm mto má fama nesses aspecto. Fe^lizmente encontro-me num escritório onde somos todos mm amigos - somos poucos - e ajudamo-nos todos uns aos outros...e é rara a semana em que n tomamos uns copos juntos.

Coiso disse...

Também não entendo...
Dessas pessoas quero é distância. Mas sei que é difícil. Só espero não encontrar muitas pessoas dessas ao longo da minha vida.

Já ouvi o programa! E gostei bastante! :)

Bjo!

Anónimo disse...

Apetece-me repetir uma frase que ouvi no filme Tróia, " Às vezes é preciso servir, para liderar!"
Pena é, que quem manda nem sempre sabe ouvir o que deve! É muito mais fácil "emprenhar pelos ouvidos" do que ir à raíz da verdade...dá mais trabalho!
Mas quem mente, inventa o que não sabe e anda sempre a bajular o chefe, está sempre bem!
Devia de haver no Código do Trabalho umas penalizações severas para quem mente! "Não digas uma mentira que não consegues provar..."

Beijos,

Pi

ML disse...

Nesse campo partilho da tua sorte.

No entanto também já tive dissabores no trabalho e confesso que não lido bem com essa ganância que existe no mundo dos adultos ( - adultos mal formados e com sede de sei lá o quê). Não se entende.

disse...

Como eu concordo contigo *B*Zinha! Há pessoas tão mazinhas, que não têm o mínimo respeito nem a mínima noção do mal que fazem aos outros. E eu acho que, embora nova, já vi de tudo - casos como os que referes e muitos mais.
BTW - no site da radio chamam-te Bê - ai ai, vou pedir direitos de autor - que malandros! Hihihihi

Rosie Dunne disse...

ouvi agora o programa. parabens, minha querida (:

Anne disse...

o ego de algumas pessoas é tão pequeno que eles fazem de tudo para destruir os outros. quanto ao resto vais ver que em 5 anos a vida muda e muito. num ano apenas a minha vida mudou completamente.
beijinhos.

ROTAX disse...

Concordo contigo, *B*, nada mais triste que assitir àqueles que atropelam tudo e todos, para subirem na vida.

E, que existem muitos por ai, é um facto!!!

Miss Kitty disse...

Também gostava de um dia vir a dar formação! ;)

BJS*

ROTAX disse...

He He... medo de andar de avião?!
Onde eu já vi isto!?

Claro!! Estou a ouvir a Rádio Comercial, mais precisamente o blog adoravel da *B*

(( DO NOT DISTURB))

disse...

*B*Zinha, se há pessoa de que gosto aqui na blogsfera, és tu - não me chateia nada que tenham escrito Bê - afinal lê-se da mesma maneira ;)

Laetitia disse...

Gostei muito do post B.:)

Crayon disse...

Hallo :D

Lá ouvi o teu blg na radio e claro que ADOREI :D

sou desde já seguidora aqui do teu pequeno grande mundo virtual, espero q tb m possas visitar, comentar e ser seguidora :D

Bjoquinhas

opinião própria disse...

Também existem aqueles que não cumprimentam não só a sra da limpeza e o porteiro, mas também o colega do lado ou o vizinho.. E não é só por insegurança. Gostei do Blog. Atraente...

Ivan, Odivelas disse...

Ja nao consigo passar um dia sem vir aqui ler a novela da tua vida, desde uma piada a uma lição de vida, sei que vou ficar satizfeito. Obrigada B

*B* disse...

Raio, sim! Mas para além de não entender, sinto revolta!

*****

Doce e Bela, obrigada querida! ;)

*****

Hermione, sério?! Gente estúpida! Lamento pela tua amiga, de verdade…

*****

Swad, grande resposta! Sabes, o meu trabalho é desvantajoso na medida em que trabalho por conta-própria, ou seja, recibos verdes, mas tem as vantagens de amar o que faço (e ter trabalho, claro!) e ser assim: sem chatices, sem stress, nada…

*****

Indecisa, muito bem! Superaste! Eu também, mas custa!
Já te disse que te adoro a ti?!?!?! ;)

*****

Dexter, sim! Na tua área costuma ser difícil, conheço casos! Fico feliz por ser assim!

*****

Coiso, obrigada! As deixas do S foi o que mais estranhei, mas amei! Obrigada!

*****

Querida Pi, para ti só isto: abraço! [tu sabes…]

*****

ML, sê muito bem-vinda! Disseste tudo! Sede de quê?
Frustrados!

Volta, boa?!

*****

Bê querida, oh se há! É lamentável!
Hihihi! Como expliquei no teu canto, tive de esclarecer à produtora que queria ser tratada por B, ou Bê! Não queria Bé! [lol]
Somos as Bê’s mais giras da blogosfera! Ah e a B também! Mas a malandra anda desaparecida!

*****

Rosie, obrigada, querida!

*****

Anne, é verdade!
Obrigada, querida!

*****

Rotax, muitos mesmo!

*****

Miss Kitty, ias amar! Tenho a certeza! É tão gratificante! E conheces pessoas com histórias de vida inacreditáveis!

*****

Rotax, verdade?! Queriiiiiiiiiiiiiiiiiiida! ;)

*****

Bê, eu sei, minha linda! Eu entendi-te!
Ah, verdade, eu também gosto de ti, assim, um bocadinho GIGANTESCO!!! ;)

*****

Laetitia, obrigada!

*****

Crayon, sê bem-vinda!
Obrigada!

Sim, logo que possa vou espreitar-te!

*****

Opinião própria, sê bem-vindo! E sim, concordo contigo!

Muito obrigada e volta sempre!

*****

Ivan, fiquei emocionada com o teu comentário!
Sê bem-vindo e muito, muito obrigada!
OBRIGADA.


BEIJINHO A TODOS*

Anónimo disse...

adorei o blogue...

beijinho

carolina

http://cantinhodaestrelinha.blogs.sapo.pt

*B* disse...

Carolina, és muito bem-vinda!

Obrigada e volta!


=)

Luh disse...

Ah ah,acabei agora de ouvir-EXCELENTE!
Muito bem lido e as músicas eram óptimas =)

Beijinhos ^^

*B* disse...

Luh, obrigada querida!

=)

Petra Pink disse...

Olá *B* Pois como concordo contigo!
Também já assisti a muita coisa!
Há mesmo gente desprezivel e capaz de tudo!
beijinho grande.

P* disse...

Ola minha *B* =)

Gostei do teu post, e concordo bastante com ele, costumo dizer que não é um "canudo" que faz uma pessoa mas a educação que teve bem como a personalidade, mas muitas pessoas não pensam assim, e é pena… mas infelizmente como tu dizes neste mundo-cão deparamo-nos muitas vezes com pessoas assim… eu também não entendo e digo-te também não quero entender…

***

Ana M. disse...

ès uma sortuda mesmo,
belo post assino por baixo

beijinho

Lady me disse...

Não entendes, nem dá pra entender. Mas na verdade há muita gente assim. Infelizmente. O que vale ainda há pessoas como tu :)

beijinho*

Aninhas disse...

Miminhus oara ti no meu blogue :-)

Bjx

Dina disse...

Também não entendo mas que os há, há! E infelizmente tenho uma peça destas na minha equipa que faz tudo por me tramar... Mas porque é que tem que haver gentinha dessa a infernizar-nos a vida?!

MissJ disse...

Olá! Pois é. no meio disto tudo até és uma sortuda então não é? :)

Mas sabes, em qualquer emprego, em qualquer ambiente de trabalho, há competição e pessoas de todos os géneros e feitios.

Temos que manter os olhos abertos e algum distanciamento.

que no teu caso me parece nem ser necessário.

***

Nuvem disse...

o que tu dizes é o que sinto na pele na minha empresa.
Sou (era) directora de uma equipa e sempre acreditei em liderar pelo exemplo, em vez de chefiar.
Sempre acreditei em apoiar ao máximo a equipa e fazer com que trabalhem, mas estejam bem, sejam produtivos mas sem abusar deles... etc.
Sempre fui a que trabalhava mais, para não os sobrecarregar demais a eles (que ganhavam mal, ainda por cima) e sempre falei bem com todos, da empregada da limpeza ao segurança, pois todos são pessoas iguais, independentemente de estudos ou classe social.
Pois nem imaginas os problemas...
Porque trabalhava demais e isso não era de chefe...
Porque não tinha de falar com seguranças e empregadas da limpeza
Porque assim não tinha perfil de chefe (mas quem quer ser chefe?)
Logo eu que odeio a palavra chefe!!!
E nunca quis ser chefe, sempre construí equipas e trabalhamos em conjunto, com um líder )eu) que orienta e é respeitado enquanto tal.
mas não... naquela empresa (como em muitas outras que conheço), o que se procura é gente arrogante, que acha que por ter estudo é melhor que os outros, que nem quer saber como se faz e só quer mandar... cafés, almoços e copos... e acham que isso é que é o ideal e as faz crescer.
Num ano fiz (com a equipa) mas naquele departamento do que tinha sido feito em 5 anos (e foi feito quando saí)... mas "trabalhava demais para ser chefe"... lol!
Desculpa o testamento, mas realmente detesto este tipo de postura!!!

Kikas disse...

e penso que assim é que deve ser :) para se estar no poder é preciso muita imparcialidade, acima de tudo sobre nós próprios e os outros. saber ver que, mesmo que ganhemos mais e tenhamos mais poder de decisão, somos todos humanos e não podemos tratar ninguém abaixo de cão, por assim dizer.

Shiine* disse...

As empregadas de limpeza e por ai são pessoas como as outras, apenas ganham menos, trabalham mais! Conheço casos, em que p.exemplo, o filho é advogado num escritório, e a mãe é a empregada de limpeza. E quando se passa por lá, vemos aquela cumplicidade normal entre pais e filhos, e os clientes estranham, mas na sua maioria até é do seu agrado ;)
Beijinhos grandes :)

Swadharma disse...

Eu não sou um ossinho fácil de roer =P

*

Cat disse...

Disseste tudo, querida! :) Arrogância é uma coisa tão feia!

*Eva* disse...

Fizeste este post de propósito minha *B*zinha, és sem duvida a minha almofada!!

Não vou comentar os aspectos obvios do que escreveste.

É a chamada selva urbana ou salve-se quem puder!!

Bem...quanto ao lugar do patrão, hummmm dificil eihm!!

Bijinhos cheios de miminhos

*B* disse...

Petra, oh se há! Já lidei com eles!

*****

P*zinha, claro que não! Sabes como digo: quanto mais estudos, menos educação (não generalizando, claro!)!

*****

Ana, obrigada! =)

*****

Lady, obrigada =$

*****

Aninhas, agradeço imenso! ;)

*****

Dina, não entendo! Eu considero que há competição saudável, mas nem todos jogam dessa forma!

*****

MissJ, olá! Sim, mas também já sofri isto, sabes?! Fez-me crescer, mas era evitável!

*****

Nuvem, adorei ler! Pelo que li tu és uma Mulher (com M grande) que sabe distinguir liderar de chefiar! ADMIRO!
;)

*****

Kikas, nem mais!

*****

Shiine*, claro! É MÃE!

*****

Swad, nem eu! ;)

*****

Cat, oh se é!

*****

*Eva*, tu sabes…


BEIJINHO A TODOS*

ph disse...

Devemos andar com oculos semelhantes : p

Alexandre disse...

É bastante bom e concordo plenamente. ;)

*B* disse...

ph, sê bem-vindo!

*****

Alexandre, obrigada!

ELA disse...

"Não entendo aqueles que não cumprimentam a senhora da limpeza ou o porteiro porque a presunção fala mais alto..." Ou operadores de caixa como eu e Ele.
Gosto muito do blog, beijinho.

*B* disse...

Ela, sê muito bem-vinda! Ainda bem que deixaste aqui o teu comentário, porque é verdade o que dizes! Aliás no Algarve presenciei uma cena num hipermercado que ainda hei-de partilhar! LAMENTÁVEL!

Odeio gente assim!


Um grande beijinho e volta sempre! És sempre muito bem-vinda aqui!

;)