terça-feira, 24 de novembro de 2009

Feitiozinho

A grande maioria de nós não sente simpatia por pessoas com mau feitio, mas sente empatia. Porque, mais tarde ou mais cedo, acabamos por lidar com pessoas com um carácter mais difícil. Ou temos alguém na família que é assim. Ou aquele amigo ou colega que tem bom coração, mas que temos de lidar de forma mais comedida... Faz parte.
E eu, uma pessoa muito simpática e sempre muito amiga, de quem eu tenho perfeita noção que é fácil gostar, não tenho o melhor feitio do mundo. Sou explosiva, impulsiva, intempestiva e todas as coisas acabadas em -iva difíceis de controlar. Sou a pessoa mais disponível do mundo para ajudar, mas não me pisem que rodo logo a baiana forte-e-feio!
Mas mais uma vez o belo do cliché: o tempo mudou-me um pouco. Fez com que aprendesse a controlar-me. Ainda que há coisas que não consigo nem quero mudar... E uma delas é fingir que gosto de alguém quando não gosto. Não somos obrigados a gostar do mundo inteiro, certo, mas uma das coisas que sempre me custou imenso absorver era o porquê de certas pessoas, às quais jamais tinha feito algo de mal, não gostarem de mim. Porque se há coisa com a qual eu não sei viver é com a dúvida e com a injustiça... E se não gosto de alguém, tenho motivos para tal. Porque me magoou, porque me traiu, porque me mostrou um sorriso rasgado que escondia falsidade... Na verdade, se sei que alguém não gosta de mim, não me tira o sono, mas faz-me pensar.
E ao fim de tantos anos eu lá concluí. Foi tarde, mas foi. Concluí que há sempre um motivo para alguém não gostar de nós. Que não há o não gosto porque sim. Que não podemos detestar uma pessoa ao primeiro olhar. Porque hoje não vivo sem pessoas de quem não gostei à primeira vista e já perdi pessoas que amei de imediato.
Comigo? Simples. Sem pretensão. Quer na vida pessoal, quer na profissional, na grande maioria das vezes, não gosta de mim quem não me consegue vencer.

|Imagem - Elizabeth Hurley|

29 comentários:

Cat disse...

Tu és assim? Não, desculpa, isso sou eu! :)

*B* disse...

Cat Narizinho :)

Me disse...

Concordo na totalidade. Até porque em todas as vertentes do dia-a-dia, a componente competição está sempre (não digam que não!) presente!

E regra geral, só da porta de casa para dentro é que esse sentimento se desvanece...

Bisouxxx

Carla disse...

Que engraçado. Não posso deixar de comentar. Parece que estamos em sintonia eheheh :)
http://aquiescrevoamor.blogspot.com/2009/11/afinal-o-que-e-ter-bom-feitio.html

Zaahirah disse...

Por acaso tenho a sorte de não conhecer ninguém que não goste de mim (pelo menos aparentemente). Já me aconteceu, sim, foi uma grande amiga confessar-me que de início não simpatizava comigo por me achar muito "pãozinho-sem-sal". Com o tempo conheceu-me a sério e hoje diz que sou uma das suas melhores amigas e que me adora e que sou super divertida.

Muitas vezes isso do "não gostar só porque sim" é porque não se conhece a pessoa nem se está minimamente interessado em conhecer.

**

Lady me disse...

Queridas *B* e Cat, eu é que sou assim!
Antes deste post estava mesmo a comentar com uma amiga este assunto, é bem verdade... Cheguei agora à sala de aula irritada por causa disso... Não consigo deixar de ser assim!

Beijinho*

Kika disse...

Pois é pois é. Também não tenho muito bom feitio, mas há quem diga que "faz parte do charme" ;)
Não seria eu com bom feitio, e pisarem-me não é para mim :)

Candybabe disse...

Olá!!
Por norma, sou aquele tipo de pessoa que a malta sente empatia logo no início, mas em já dois empregos tive azar, porque os bosses não simpatizaram comigo!! Diz lá se não é azar?!

Miss Kitty disse...

Maltinha: *B*, Cat e Lady me, eu é que sou assim!!

E por causa desse meu feitiozinho muito inho, por vezes quando conheço alguém, posso logo afirmar que não gosto daquela pessoa e dificilmente vou gostar. De inicio não sei bem porque não gosto mas depois as coisas começam a fazer sentido e raramente (cof cof) me engano. Pretenciosa,eu?? Nahhh...;))

BJS*

Alexandre disse...

Concordo.

didi' disse...

Pelo que tenho ouvido, sou daquelas pessoas que, das duas uma: ou me adoram e me veneram e querem todos ser como eu, ou me detestam e querem é ver-me (bem) longe. A minha professora de Português detesta-me. Sempre que eu intervenho solta uma daquelas suas gargalhadas estridentes e cínicas que tanto me enervam, ainda não percebi por alma de quem... Enfim, mas neste caso tenho mesmo de saber lidar com isso e fingir que a adoro, caso contrário vejo a minha notinha de Português descer a pique...
Beijinho *B*!

didi' disse...

Pelo que tenho ouvido, sou daquelas pessoas que, das duas uma: ou me adoram e me veneram e querem todos ser como eu, ou me detestam e querem é ver-me (bem) longe. A minha professora de Português detesta-me. Sempre que eu intervenho solta uma daquelas suas gargalhadas estridentes e cínicas que tanto me enervam, ainda não percebi por alma de quem... Enfim, mas neste caso tenho mesmo de saber lidar com isso e fingir que a adoro, caso contrário vejo a minha notinha de Português descer a pique...
Beijinho *B*!

Gingerbread Girl disse...

Eu consigo perfeitamente lidar com gente falsa e medíocre. Nasci com o dom da diplomacia... da política... da hipocrisia, portanto. Não é bonito, eu sei. Mas diverte-me. Tar a falar com alguém, e saber que essa pessoa, por trás me tá a f****, ou que está a mentir-me... ui, que gozo me dá.
Mas a mim nunca me enganam... é que além disto, sou também desconfiada. Duvido de tudo... enfim.
Eu cá me arranjo. =p

*

Margarida disse...

Já escrevi algo assim sobre mim!

Afinal existem mais pessoas como eu!!! Ainda bem...

Beijinho!

R* disse...

Sou carneira e as pessoas deste signo tendem a ter um feito muito especial, para nao dizer mau. Mas entendo-te perfeitamente, principalmente pela ultima frase.
Beijinho*

Ivan, Odivelas disse...

Texto tão sincero, tão verdadeiro, tao excelente...tão comum em ti!
Parece que se adapta a cada um de nós.
Beijinho

Madame Butterfly disse...

Hum...desta vez não concordo contigo, querida *B*. Há pessoas de quem gosto logo imediatamente e pessoas de quem não gosto, exactamente da mesma forma. É uma espécie de intuição que na maior parte das vezes até acaba por se confirmar. Outras, nem por isso. O coração tem razões que a razão desconhece...

Kikas disse...

mas é que é tão verdade! sou como tu :$

Anónimo disse...

Acho que não existe neste blog, post maior que este!!!
Tavas inspirada...já diz o velho ditado "Que não pudemos agradar a Gregos e a Troianos"!
Mas se há coisa com a qual concordo plenamente contigo é que é impossível NÃO GOSTAR DE TI! Temos sempre tendência a fazer faísca com quem discorda de nós, mas se utilizarmos os 2 dedos de testa que Deus nos deu, acabamos sempre por perceber que ainda não tinhamos era abordado a questão por aquele prisma!

Olha, em relação ao post anterior, acho que te esqueceste de uma outra hipótese...compras uma casota grande como a da minha Rafeira e pões na varanda...para o S! Só TU minha grande mal...!
Se queres um conselho de MIGA, nunca vás para a cama zangada com o S! Nunca... depois a "bola de neve" tem sempre tendência para aumentar após uma noite durmida fora da nossa cama!

BEIJOS GRANDES,

Pi

Hyndra disse...

Enquanto estava a ler estava mesmo a pensar que quando alguém não gosta de outro alguém sem um motivo aparente pode muito bem ser a inveja a latejar.

disse...

Ás vezes identifico-me tanto, mas tanto contigo B*zinha...que o teu blogue mais parece uma extensão de mim...

Petra Pink disse...

ahahhahahhahahhah pois é bezita nao vale a pena tirar ilaçoes.......
tanta gente que não gostamos a primeira e depois tornam-se verdadeiras surpresas.

Rafeiro Perfumado disse...

As relações que eu vou tendo na vida costumam ter um denominador comum: ou me adoram ou me detestam. Mas sinceramente, o que me importa é que eu seja sincero comigo mesmo, com a minha forma de ser, pois assim terei junto de mim aqueles que gostam de como eu sou, e não de como gostariam que eu fosse.

Beijoca.

Lia disse...

que coisa estranha... parecia que me estavas a descrever! Credo! Juro que fiquei arrepiada! Afinal há mais pessoas com o feitiozinho que temos do que eu julgava!

Miss Mau Feitio disse...

Bem, sou suspeita, não posso falar. lol

Sou um mau feitio, mas amiga do meu amigo. Muito.

Beijinhos querida

Nês disse...

Gostei muito do que li :) Vou seguir. Nes**

*B* disse...

Carla, sê bem-vinda!
Já te li! Gostei! ;)

Volta mais!

*****

Me, há competição sim, mas eu considero-a saudável até esta resvalar na falta de respeito. E já me aconteceu!

*****

Zaahirah, é normal não gostarmos de algumas pessoas quando as conhecemos, mas temos de dar oportunidade, não apenas à pessoa, mas a nós mesmos!

*****

Lady me, não deixes, querida!

*****

Candybabe, sê muito bem-vinda!
Realmente… :(

Volta sempre!

*****

Kika, faz parte do charme sim! :)

*****

Miss Kitty, eu adorava ter esse sexto sentido! Confio demasiado e depois desiludo-me :(

*****

Alexandre, :)

*****

Didi’, pois, não a enfrentes! Eu sou apologista que temos de engolir um sapito pequenino de vez em quando, mas ursos gordos não! Mas, por vezes, não vale a pena!

*****

Madame Butterfly, quem me dera ter essa intuição :(

*****

Ivan, obrigada! :)

*****

Ginger, [lol]
Mas eu gostava de ser mais desconfiada!

*****

Margarida, sê bem-vinda!
Oh se existem ;)

*****

R*, obrigada!
Sabes, o meu Pai é carneiro e, apesar de não ligar muito aos signos, admito que o carneiro não é o melhor feitio do mundo!

*****

Pi, eu sei que tu me amas!
Quanto à casota, comprar?! Ponho o S a dormir com a Rafeira! [lol]

*****

Kikas, :$

*****

Hyndra, verdade!

*****

Petra, verdade!

*****

Bê, que elogio maravilhoso… :)
Obrigada, querida.

*****

Rafeiro, verdade! Sermos sinceros connosco é o mais importante!

*****

Lia, há pois!

*****

MMFzinha, mas eu adoro-te! Com mau feitio ou não!

*****

Nês, obrigada! E és muito bem-vinda!


BEIJINHO A TODOS*

disse...

Foi do fundo do coração querida ;)

*B* disse...

Bê... :)