quinta-feira, 11 de novembro de 2010

*B*, a Prevaricadora

Hoje de manhã, ao estacionar perto do tribunal, cometi um pequeno delito. Estava uma senhora muito atrapalhada com o estacionamento e eu, pessoa ocupada que sou, não pude esperar e cometi uma pequena, pequenina, contra-ordenação. Assim traduzindo por miúdos, saí do estacionamento pelo lado contrário. Uma infracção insignificante. Pronto, talvez tenha andado uns 5, 6 metros em contramão. Nada de especial.
Mas as más notícias são que estavam uns senhores agentes ali por perto e eu acho que me viram - só eu, que nunca cometo infracções, para cometer uma perto de um tribunal!
Agora as boas notícias são que eles estavam a escoltar uns presidiários que deviam ir a tribunal e devem ter pensado: ah, pequena, estás com sorte que agora não podemos ir atrás de ti. Isso não se faz! Mas pronto, desta vez passa. Levamos aqui criminosos piores do que tu.

Ou isso ou sou gira.
Das duas, uma.

|Imagem - Cameron Diaz|

14 comentários:

L'Enfant Terrible disse...

Pronto! Agora vais ficar na lista negra, na próxima vez aparecem os polícias, helicópteros e o exército! Não julgues que te safas!;)

Alexandre disse...

É! Às vezes perdoam! Sorte de uns, azar de outros! Ou então és gira! =P

Mie disse...

Olha que sorte, se fosse aqui tiravam a matricula e mandavam a multa para casa.

Carolina Tavares disse...

O teu post mais o comentário de Terrible dá-nos bons risos :)

Sharon den Adel disse...

Que saudades de te ler!!!! Já me fartei de rir!:)
beijinhos!

*B* disse...

Enfant, ;D

*****

Alexandre, ;p

*****

Mie, acho que no meu caso nem tempo tiveram!

*****

Carolina, ;)

*****

Sharon den Adel, obrigada!

Beijinho ;););)

...Ju... disse...

realmente *B*zinha! à porta do tribunal?! :P

Indecisa disse...

hehehe
Acontece a qualquer uma... as vezes a pressa faz destas coisas ;)

bjinho *

Anónimo disse...

hehehe....
gosto muito de te ler

Descobri uma vez aqui um blog: A Rosa (postitrosa.blogspot.com), que terminou com o blog à pouco. Por isso espero que não faças o mesmo!
;)
Parabéns pelo blog...

*B* disse...

Ju, ;p

*****

Indecisa, sim, sem dúvida!

*****

Anónimo/a, sê bem-vindo/a!

Obrigada!

Bê* disse...

Quem nunca cometeu uma contra ordenaçãozinha? :) essa cena era quase digna de filme... tu olhavas para os senhores agentes, eles olhavam para ti, tudo em slow motion... :)
Muito bom o blog! Congrats!

*B* disse...

Bê*, sê bem-vinda!

[lol]

Era bonito de se ver, sim senhora!

;p

Obrigada!

Anónimo disse...

Parque de estacionamento? Mesmo, mesmo, parque?
Desculpa lá, mas aí a polícia não tem autoridade, a não ser que o dono do parque a chame.

Escoltar presidiários? Polícias?
Não serão mais guardas prisionais?
Não têm qualquer poder para autuar.

Logo, muito, muito, muito, provavelmente, nada teve a ver com a tua beleza.

*B* disse...

Caro anónimo, eu costumo ignorar os anónimos - ignorar em termos de resposta aos comentários, porque na verdade eu ADORO rir-me da desgraça alheia. [E você já é cliente habitual.]

Mas o seu comentário é de tal forma idiota que eu não resisto.

Ora vamos lá ver se nos entendemos: dono do parque? Não há parques públicos?

Outra coisa: os presidiários são escoltados por guardas prisionais, CERTO! Mas nunca viu carros de polícia quando há certos julgamentos para evitar desacatos? Você vive onde?

Além do mais a polícia agora tem que pedir jurisdição? Se você estiver parado no trânsito num semáforo, por exemplo, a falar ao telemóvel e estiver ali a polícia, VOCÊ ACHA MESMO QUE NÃO É MULTADO? [lol]

E mesmo que eu esteja completamente errada, viu alguém comentar isso? Viu alguém incomodar-se com isso? Não entende que escrevo de forma irónica e a piada do post não é essa? É preciso ser-se, de facto, muito limitado!

Mas outra coisa ainda mais importante: o caro anónimo não tem mais nada para fazer? Que se passa? Hum, já sei, muito, muito, muito, provavelmente, o problema é a sua beleza. E não falo da exterior.