terça-feira, 20 de setembro de 2011

Transparência

Eu sou uma pessoa muito transparente. Quando estou bem, estou bem; quando estou mal, estou mal e isso nota-se a quilómetros.No trabalho consigo camuflar isso, mas no contexto pessoal não. Ainda. E isto é uma das coisas que mais detesto em mim. E tenho lutado com todas as minhas forças para não ser assim, mas é difícil. O pior é que depois fico triste por ter magoado quem me rodeia. Como se fosse uma bomba: se se corta o fio errado, eu rebento.

|Imagem - Daqui|

19 comentários:

Frutinha disse...

Tambem sou assim. Alias acho que nos todos somos um pouco assim. Não é facil mostramo-nos bem quando estamos mal.

S* disse...

Eu nem no trabalho...

...Ju... disse...

Mas isso é bom! prefiro as reacções sinceras aos sorrisos amarelos para agradar!

B. disse...

Somos todos assim *b*'zinha, não há maneira de usarmos uma máscara dia após dia sem nos magoarmos a nós próprias.
Ás vezes precisamos de rebentar para depois vir a paz. É uma solução má mas, por vezes, é mesmo a única.

Cat disse...

Eu não consigo camuflar em sítio nenhum. Prefiro chegar e dizer logo: não falem muito pra mim hoje que estou num mau dia. É chato ser assim :/ E quem apanha sempre por apanhar por tabela são as pessoas mais próximas e, muitas vezes, que menos mereciam.

L'Enfant Terrible disse...

Por vezes mais vale rebentar, ao menos sai tudo para fora, mas de preferência rebentar longe de todos, para se evitarem danos colaterais.

Bloguótico disse...

nesse caso dou graças por apenas lidar ctg apartir da blogosfera!! :p

Kah disse...

Eu sou igual e não consigo camuflar em situação alguma. Pelo menos somos sinceras.

B. disse...

Como te compreendo... Não consigo "camuflar" o meu estado de espirito, sou mesmo transparente, mas até acho que acaba por ser uma qualidade, somos sempre sinceros, com nós proprios e com os que nos rodeiam...*

Hysteria* disse...

Acredita que sofro do mesmo mal e, enquanto uns dizem que é uma excelente qualidade, outros dizem que é um grande defeito! Eu só sei que não consigo deixar de ser assim...

Andy disse...

ohhh somos todos assim, uns mais que outros, as outras pessoas tambem de ter paciencia connosco, infelizmente, senão não nos aturavamos uns aos outros! E eu que o diga que ja engoli muitos sapinhos de bombas que rebentaram perto de mim...
Amanhã tudo será melhor se Deus quiser... Força aí B*
Cheers :)

sakura disse...

Também sou transparente, até no trabalho. Não arranjo forma de disfarçar e quase invariavelmente ouço um "que se passa?" ou um "mas o que é que tens?".
Não tenho escapatória...

Bjinhos***

Hermione disse...

eu nem no trabalho. uma pessoa anda sempre a rir e a sorrir, quando algo muda nota-se logo... mas com aqueles que mais amamos podemos ser sempre transparentes :)

*B* disse...

Eu concordo com as opiniões que dizem que é uma qualidade e não um defeito. Acho que nos torna sinceros, concordo, mas o problema é que quando estou mal [e não falo em estar triste, mas sim irritada - e é isto que queria mudar!], rebento. E magoo quem me rodeia, tipo bomba, como digo no post.

Por isso é como diz a Cat, quem menos merece, leva por tabela. E devemos fazer como disse o Enfant: rebentar longe é o melhor!

Continuarei sempre a ser transparente quanto ao meu estado de espírito, mas tentarei não descarregar mais em quem amo. Sofremos todos com isso. E isto é tóxico e corrosivo.


Beijinho a todos! :)




*****

Bloguótico, pois, se não já tinhas levado porrada! ;D

*****

B. [do 2º comentário], sê bem-vinda.

:)

osbandalhos disse...

"Anyone who says he can see through women is missing a lot" Groucho Marx

osbandalhos disse...

"Anyone who says he can see through women is missing a lot" Groucho Marx

*B* disse...

osbandalhos, bem-vindo!

:)

Me myself and I disse...

Sou igual, no trabalho consigo controlar-me mas na vida pessoal não, e quem paga é quem menos merece... É um ponto que preciso de trabalhar em mim, como tu dizes torna-se tóxico e corrosivo, não podia estar mais de acordo contigo.

*B* disse...

Me myself and I, temos de nos esforçar.

:s