terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Aos Meus Amigos

«Seres divididos que somos, só dando as mãos, abrindo o coração, é que vamos tendo a força para navegar por entre as tantas correntes contrárias que, no dia-a-dia, nos tornam difícil captar a cor única do fundo do mar.
Daí a importância daquele olhar para nós virado, daquela mão que a nossa pega, do corpo que com o nosso corpo se funde, da onda de ternura, de carinho, de amizade, de amor.
Daí que quem não os tem, quer viva isolado quer acompanhado, se sinta só na vida.»

Maria José Costa Félix, in Bem-Estar Interior

2 comentários:

Ágape disse...

"Não faças do amanhã o sinônimo de nunca,
nem o ontem te seja o mesmo que nunca mais.

Teus passos ficaram.

Olha para trás ... mas vai em frente
pois há muitos que precisam que chegues para poderem seguir-te."

(Charles Chaplin)


Keep smilling!! :)

*B* disse...

Obrigada, minha Linda...

Sentir-me-ia mais só sem ti, Querida Ágape!