quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Dos Senhores Dos Bancos

Eu já tinha reparado que os senhores do Barclays - aqueles que andam pelos corredores dos centros comerciais -, nem sempre me abordavam para fazer o cartão. Umas vezes lá pediam, outras eu passava e eles nem me abordavam. Eu achava estranho, até que concluí que se for vestida de forma mais formal, vêm logo pedir para aderir; se for vestida de forma mais desportiva, mais descontraída, eles não me chateiam.
Conclusão que tirei deste pessoal dos bancos: só quem veste melhor é que tem dinheiro para ter cartões de crédito. Que bonito.

|Imagem - Alessandra Ambrósio|

20 comentários:

Joh disse...

hahah a sério??? nunca tinha reparado nisso xD

Fiona disse...

Já me tinha dado conta exactamente do mesmo e tinha pensado "como esta gente anda tão enganada...". Outros que pensam exactamente da mesma forma, que se formos mais arranjados temos mais dinheiro, é em determinadas lojas... Enfim..

Dina disse...

Também já tinha chegado a esta conclusão, pois acontece-me exactamente o mesmo ;)

teardrop disse...

Sim, é tal e qual assim... Normalmente aos dias de semana abordam, aos fins-de-semana não! Já lhes disse uma vez isso, quando me abordaram durante a semana... Sou a mesma pessoa e tenho o mesmo dinheiro com roupa de "executiva" ou com "roupa de fim-de-semana"!

Cat disse...

Aiii eles são tão chatos! Eu sei que só estão a fazer o trabalho deles e que, provavelmente nem gostam, mas são umas melgas do pior. Eu já só digo "sou estudante e não tenho fonte de rendimento própria". Resulta. Acho que vou continuar a dizer mesmo quando essa situação se modificar...

SuperSónica disse...

Agora é que disseste uma grande verdade...

...Ju... disse...

só para não os ouvir, iria sempre de fato de treino, dos bem feiosos!

Fábio Martins disse...

A imagem ainda conta muito para muita gente.
Mas podemos tirar algo positivo disso, podemos ir ao shopping sem ninguém nos chatear, basta ir menos formal :)

ML disse...

É que é tal e qual isso. Já me aconteceu diversas vezes o mesmo! :)

A Tulipa Azul disse...

Então é melhor ir vestida de forma mais casual, que é a maneira de eles não nos chatear.:)

Shiine* disse...

Querida, em relação ao comentário que deixaste lá no meu blog, obrigada pela força, já estou mais mentalizada e amo-o muito, acaba por ser um mal menor, mesmo havendo ainda muitas sequelas interiores. Em relação ao teu post, há muito esse estereótipo, estúpido quanto a mim.

L'Enfant Terrible disse...

Ou quem se veste melhor vive mais da aparência e como os cartões de crédito são para ajudar à aparência, então junta-se o útil ao agradável, que é como quem diz, junta-se o material à vaidade de casca oca!

Lisbo@ disse...

Também me acontece o mesmo!

Eli disse...

Eu também já reparei nisso. : )

Ana disse...

Por isso é que recorro à usual desculpa "sou estudante", mesmo quando tal já não corresponde à verdade. É que só há crédito quando há trabalho...

*B* disse...

Ah, eu vi logo que não era a única!

;D

MaGu disse...

Não te acontece só a ti.
A mim também.

*B* disse...

MaGu, e não somos as únicas a reparar no mesmo.

Tristeza.

MaGu disse...

É realmente uma tristeza, eu conheço muita gente, que aparenta ter riquezas que não possui, nem de perto nem de longe.

*B* disse...

MaGu, eu também conheço.

Lamentável.


Mas também conheço quem tem imenso e são tão humildes...